Bem-vindo à página de artigos Aqui você encontra artigos publicados por técnicos do IBGE e todas as apresentações institucionais em formato PDF.

Redes Estaduais GPS: Situação Atual e Perspectiva Futura

DA SILVA, A. L., , M. A. A. e COSTA, S. M. A. Redes Estaduais GPS: Situação Atual e Perspectiva Futura. II Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação, Recife, PE, 2008.

RESUMO

Desde 1991, com o estabelecimento do Projeto GPS no então Departamento de Geodésia (hoje Coordenação de Geodésia), o IBGE passou a empregar, exclusivamente o sistema de posicionamento por satélites GPS – Global Positioning System – em suas atividades de implantação e densificação da rede planimétrica do Sistema Geodésico Brasileiro – SGB. Com essa nova tecnologia, nasceram às denominadas redes estaduais GPS, caracterizadas por um conjunto de marcos geodésicos, tipo pilar de concreto, com dispositivo de centragem forçada em seu topo, distribuídos geograficamente de forma homogênea nos estados. Em 1992 foi implantada a primeira rede estadual GPS, localizada no estado de São Paulo. Atualmente (junho de 2008) existem 17 redes estaduais abrangendo 21 estados brasileiros. Além disso, das redes GPS, seis já passaram por densificações. Esse artigo tem como objetivo, apresentar a situação atual das redes GPS, sua importância para a sociedade e a perspectiva de implantação de novas redes para os próximos anos.

download


© 2019 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística