Bem-vindo à página de artigos Aqui você encontra artigos publicados por técnicos do IBGE e todas as apresentações institucionais em formato PDF.

As alturais geoidais Doppler e os modelos de grau elevado do potencial gravitacional

FORTES, L. P. S., BLITZKOW, D. As alturais geoidais Doppler e os modelos de grau elevado do potencial gravitacional.

RESUMO

A redução das observações geodésicas ao elipsóide exige o conhecimento da altura geoidal. Esta pode ser obtida mediante a aplicação da tradicional integral de Stoker ou a combinação de diferentes tipos de dados: altura geoidais Doppler e componentes astrogeodésicos do desvio da vertical. Os modelos do potencial gravitacional têm revolucionado as técnicas de obtenção da altura geoidal. Os atuais modelos atingem o grau e ordem 360 e permitem o cálculo da altura geoidal com uma aproximação que pode ser inferior a 1m. Neste trabalho foi realizado um estudo comparativo de dois modelos de alto grau. OSU86E e OSU86F, com alturas geoidais Doppler. Finalmente é apresentado um mapa geoidal para o Brasil utilizando pontos Doppler e o modelo OSU86E truncado em 180. As alturas geoidais foram referidas ao sistema SAD69 mediante parâmetros de transição recentemente calculados.

download


© 2019 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística