Bem-vindo à página de artigos Aqui você encontra artigos publicados por técnicos do IBGE e todas as apresentações institucionais em formato PDF.

Modelagem das distorções entre diferentes realizações da Rede Planimétrica do SGB utilizando o Software Ntv2

COSTA, S. M. A. e SANTOS, M. F. dos. Modelagem das distorções entre diferentes realizações da Rede Planimétrica do SGB utilizando o Software Ntv2. XXIII Congresso Brasileiro de Cartografia, Rio de Janeiro, RJ, 2007.

RESUMO

No início do ano 2005, o IBGE adotou oficialmente, através da Resolução da Presidência nº 1/2005, o sistema de referência SIRGAS2000 para o Brasil. Juntamente com a adoção do SIRGAS2000 foram divulgados os resultados do ajustamento da rede planimétrica no novo sistema e foram estimados parâmetros de transformação entre SIRGAS2000 e SAD69 – materialização 1996. Estes parâmetros foram estimados utilizando um conjunto de 63 estações pertencentes à Rede GPS. Com estes parâmetros pretende-se atender as transformações de coordenadas que envolvam estações GPS, uma vez que, atualmente, a maioria dos usuários faz uso desta técnica de posicionamento. A próxima etapa a ser percorrida na consolidação do sistema SIRGAS2000 ficou a cargo do Grupo de Trabalho 3 (GT 3) do Projeto Mudança do Referencial Geodésico (PMRG) e consiste na modelagem das distorções existentes entre as diferentes realizações da Rede Planimétrica, bem como em sua implementação e divulgação através de aplicativos computacionais. Estas atividades serão realizadas em paralelo por cinco grupos de estudos diferentes, sendo um deles o IBGE. A proposta apresentada pelo grupo de estudo do IBGE prevê a modelagem das distorções da rede usando o software NTv2 – National Transformation, version 2, desenvolvido pelo Geodetic Survey Division – Geomatics Canada (GSD). Em primeira análise e através de um inventário sobre as realizações da Rede Planimétrica verificou-se a existência de 3 realizações em Córrego Alegre e duas em SAD 69. A proposta deste trabalho é analisar as distorções existentes entre duas realizações da rede, a do SAD69, realização 1996 e o SIRGAS2000. Em uma primeira etapa do estudo, são feitas avaliações do comportamento das distorções usando três tipos de configuração da Rede, são elas: com todas as estações da rede planimétrica (Rede clássica + Rede GPS), somente as estações da rede clássica e somente as estações da rede GPS. Serão apresentadas as conclusões visando subsidiar as etapas seguintes, como por exemplo: o número e grau dos coeficientes e a quantidade de vizinhos a serem utilizados para gerar o modelo. Também será apresentada a metodologia, bem como os resultados da interpolação obtidos em uma amostra de estações, localizadas nas áreas de maiores distorções da rede.

PALAVRAS CHAVES: SIRGAS2000, SGB, modelagem de distorções.

download


© 2019 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística